› Home  › Notícias  › Notícia

Resultados do Enem 2011 serão divulgados a partir de 4 de janeiro de 2012

07/11/2011

Resultados do Enem 2011 serão divulgados a partir de 4 de janeiro de 2012

 

O resultado individual do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2011 será divulgado a partir do dia 4 de janeiro de 2012, segundo informações do MEC (Ministério da Educação). As provas aconteceram nos dias 22 e 23 de outubro. O exame teve quatro provas objetivas. Cada um dos testes (exceto a redação) era formado por 45 questões de múltipla escolha.

No primeiro dia, foram realizadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia, aconteceram os testes de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias.

Dos 5.367.092 inscritos no Enem 2011, 1.481.317 não realizaram o exame - ou seja, 27,6% dos inscritos. No ano passado, a média da abstenção foi de 28%.

Após a aplicação da prova, um estudante postou um álbum no Facebook com imagens de um suposto simulado aplicado pelo colégio Christus, de Fortaleza, que teria questões idênticas ao Enem 2011. O Ministério Público Federal do Ceará entrou na Justiça para que todo o exame fosse anulado ou, pelo menos, as questões que vazaram.

Em 31 de outubro, a Justiça Fedaral do Ceará decidiu anular as seguintes questões no caderno amarelo e suas correspondentes nos outros cadernos: 32, 33, 34, 46, 50, 57, 74 e 87, do primeiro dia; 113, 141, 154, 173 e 180, do segundo dia.

O MEC anunciou que entrará com recurso contra a decisão.

Duas provas em 2012

A previsão do MEC (Ministério da Educação) é que haja dois exames a partir do ano que vem -o primeiro deles já está marcado para os dias 28 e 29 de abril. O órgão ainda discute a segunda data, já que haverá eleições municipais no mês em que a prova é tradicionalmente aplicada (outubro).

Além de selecionar para vagas em universidades federais por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), o Enem é pré-requisito para quem quiser uma bolsa do Prouni (Programa Universidade para Todos). O exame também é obrigatório para quem vai solicitar o Fies (Financiamento Estudantil).

Como minha escola foi em 2010?

Em setembro, com atraso, o MEC divulgou as notas do Enem 2010 por escola. Os resultados mostraram que, apesar do aumento de dez pontos na média geral, as unidades da rede pública continuam muito distantes das da particular: no ranking dos top 10, somente uma é pública.

Mais da metade das escolas foi ''reprovada'' no Enem 2010: exatas 63,64% de todas as que tiveram a nota das provas objetivas divulgadas não conseguiram atingir a nota média de 511,21. Ou seja: se o que estivesse em jogo fosse a aprovação ou a reprovação, elas não ''passariam de ano''.

No total, 12.532 das 19.689 escolas com médias objetivas divulgadas pelo MEC tiraram nota menor que 511,21. Delas, 12.105 -99,4%- são das redes públicas de ensino. Outras 4.211 unidades tiveram menos de 2% de todos os alunos e menos de 10 estudantes participando das provas objetivas e de redação e, por isso, não entram na conta.

Top 10

Somente metade das escolas conseguiu se manter no top 10 do ranking do Enem. A lista das líderes traz surpresas, como uma escola de Minas Gerais que saltou do 102º lugar para o 10º.

O Colégio Vértice, a líder do ranking do Enem de 2009 teve uma nota média geral menor em 2010 e caiu duas posições na tabela do top 10. A tabela, hoje, é liderada pelo Colégio de São Bento, no Rio de Janeiro, seguido pelo Instituto Dom Barreto, do Piauí. Ou seja: de um ano para outro, as três escolas tops do país trocaram de posição.

O ano de 2010 é o primeiro em que a comparação é possível, por conta da TRI (Teoria da Resposta ao Item), por meio da qual os exames dele e de 2009 foram "calibrados" com o mesmo nível de dificuldade.

FONTE: PORTAL UOL

Gabinete: Av. dos Andradas, 3100 - Sala A-301 - Santa Efigênia-BH Telefone: (31) 3555-1178. E-mail: ronaldogontijovereador@gmail.com