› Home  › Notícias  › Notícia

Hepatite C atinge 200 milhões; informe-se sobre os tipos da doença

22/05/2011

Hepatite C atinge 200 milhões;

informe-se sobre os tipos da doença

Hepatite é toda inflação no fígado, órgão que funciona como filtro do organismo. Pode ser diagnosticada como uma simples alteração laboratorial (portador crônico que descobre a doença por acaso) ou até uma hepatite fulminante, levando o paciente à morte em pouco tempo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), são cerca de 200 milhões (ou 3% da população) de infectados somente pela hepatite C. Nesta quinta-feira (19), Dia Mundial de Combate à Hepatite, saiba quais são os tipos da doença, seus sintomas e dicas de prevenção. Os dados são do hepatologista Fernando Pandullo, do Hospital São Luiz, de São Paulo.

1 - Os sintomas mais comuns são pele amarelada (icterícia), febre, enjoos, urina escura e fezes claras.

2 - A hepatite A pode ser transmitida por meio da ingestão de alimentos e água contaminados. Normalmente, o tratamento medicamentoso tem curta duração e as chances de cura atingem 99% dos casos.

3 - A hepatite B é transmitida pelo contato sexual, transfusão de sangue, via placento-fetal, compartilhamento de agulhas e seringas. O quadro clínico pode evoluir e se tornar crônico.

4 - A hepatite C pode ser adquirida por meio de transfusão de sangue, mas muitas de suas causas ainda são desconhecidas. O tratamento é realizado com medicamentos. Pode evoluir e desencadear câncer no fígado.

5 - A hepatite D se manifesta em pessoas portadoras da hepatite B. Além disso, o paciente tem maiores chances de desenvolver a forma aguda da doença e precisar de transplante de fígado.

6 - A hepatite E é muito parecida com o quadro clínico da hepatite A. É do tipo não-crônico e se manifesta, principalmente, em países em desevolvimento com saneamento básico precário, por conta da contaminação da água e de alimentos. Raramente, é transmitida diretamente de uma pessoa para a outra.

7 - Além de receber a vacina contra a doença, é importante seguir algumas orienções para evitar o contágio. Entre as dicas, estão ingerir somente água tratada e alimentos higienizados, evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, praticar sexo somente com proteção e não ingerir medicamentos sem orienção médica.

 

FONTE: SITE TERRA

Gabinete: Av. dos Andradas, 3100 - Sala A-301 - Santa Efigênia-BH Telefone: (31) 3555-1178. E-mail: ronaldogontijovereador@gmail.com