› Home  › Notícias  › Notícia

Projeto da Ginástica Laboral é aprovado em 1º turno

20/12/2010

        O Projeto de Lei 364/2009, de autoria do vereador Ronaldo Gontijo (PPS), que institui a ginástica laboral como prática obrigatória em todas as empresas que desenvolvam atividades que gerem esforço físico repetitivo foi votado e aprovado em 1º turno pela Câmara Municipal de Belo Horizonte na tarde desta segunda feira, dia 20 de dezembro de 2010.

        Segundo o vereador Ronaldo Gontijo, autor da proposição, a ginástica laboral visa à diminuição do acometimento de doenças ocupacionais. “A ginástica laboral tem caráter preventivo e auxiliará grande parte dos trabalhadores de empresas públicas e privadas de nossa cidade. A ginástica laboral pode reduzir a incidência de doenças ocupacionais e lesões de esforços repetitivos, e desta forma diminuir o número de afastamentos dos empregados na empresa. Além dos benefícios físicos, a prática voluntária da ginástica laboral proporciona ganhos psicológicos, diminuição do estresse e aumento no poder de concentração, motivação e moral dos trabalhadores”.

Segundo o Projeto de Lei, os Fisioterapeutas e Educadores Físicos é que deverão ministrar a ginástica nas empresas, supervisionando os exercícios de alongamento das estruturas corpóreas exigidas nas ações inerentes ao trabalho.
“A Ginástica Laboral começou a ser compreendida como um grande instrumento na melhoria da saúde física do trabalhador, reduzindo e prevenindo problemas ocupacionais, através de exercícios específicos que são realizados no próprio local de trabalho. Ela não sobrecarrega nem cansa o funcionário, porque é leve e de curta duração. O objetivo da GL (Ginástica Laboral) é promover adaptações fisiológicas, físicas e psíquicas, por meio de exercícios dirigidos”, afirma Ronaldo Gontijo.
HISTÓRICO DA GINÁSTICA LABORAL
Os primeiros registros da prática da Ginástica Laboral são de 1925. Neste ano, na Polônia, operários se exercitavam com uma pausa adaptada a cada ocupação particular. Alguns anos depois, esta ginástica foi introduzida na Holanda e na Rússia. No início da década de 60, ela começou a ser praticada na Alemanha, na Suécia, na Bélgica e no Japão. Os Estados Unidos adotaram a Ginástica Laboral em 1968. A Ginástica Laboral teve origem no Japão, em 1928, sendo aplicada, diariamente, em funcionários dos correios, visando a descontração e o cultivo da saúde. Após a Segunda Guerra Mundial, o hábito foi difundido por todo o Japão.
No Brasil, surgem as primeiras manifestações de atividades físicas entre funcionários, em 1901, mas a Ginástica Laboral teve sua proposta inicial publicada somente em 1973. Algumas empresas começaram a investir em empreendimentos, com opção de lazer e de esporte para os seus funcionários, como a Fábrica de Tecidos Bangu, a pioneira, e o Banco do Brasil, com a posterior criação da Associação Atlética do Banco do Brasil.
Gabinete: Av. dos Andradas, 3100 - Sala A-301 - Santa Efigênia-BH Telefone: (31) 3555-1178. E-mail: ronaldogontijovereador@gmail.com